PEQUENAS PADARIAS INOVAM NA BUSCA POR NOVO PERFIL DE CONSUMIDOR

A indústria de panificação e confeitaria registrou, em 2016, um faturamento de R$ 87,24 bilhões, o que representa um crescimento nominal (não considerada a inflação no período), de 3% em relação ao ano anterior. Os números da Associação Brasileira da Indústria da Panificação e Confeitaria (Abip) indicam que o setor já começa a se recuperar de uma desaceleração que vinha sendo registrada desde 2010. Para incentivar os empresários a inovar e atender às exigências de mudança no setor, que comemora neste sábado o Dia do Padeiro, o Sebrae lançou uma página online com dicas de mercado e competitividade: http://www.sebrae.com.br/padaria

 

Atualmente, o setor de panificação reúne cerca de 64 mil empresas. As empresas dessa cadeia produtiva têm acompanhado uma mudança no perfil dos consumidores, que demanda cada vez mais por alimentos frescos, com qualidade e diversidade; por um mix de serviços e por um ambiente confortável onde possa usufruir de conexão de internet, por exemplo, enquanto consome uma xícara de café. Alinhado com essa alteração no comportamento do cliente, a modalidade de negócio que alcançou o melhor desempenho em 2016, com um crescimento de 11,20% (dados da Abip), foi o de padarias com produção própria, com maior valor agregado; a chamada “padaria conceito”.

 

De acordo com o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, a padaria conceito expressa um novo formato para a panificação e confeitaria brasileira, focada na amplitude de produtos e em serviços que visam atender a toda diversidade de demanda que o consumidor atual apresenta. “O empresário precisa inserir elementos que agreguem valor aos produtos, como embalagens especiais; iluminação diferenciada; um formato inovador de layout; novos maquinários, equipamentos e mobiliário, entre outras inovações”, destaca Afif.

 

Em parceria com a Abip e com o Instituto Tecnológico da Panificação e Confeitaria (ITPC), o Sebrae desenvolve projetos com o objetivo de tornar as padarias artesanais mais competitivas, por meio da implementação de ações de qualidade, produtividade e sustentabilidade. Entre os diferentes conteúdos disponibilizados aos empreendedores na nova página, estão publicações que mostram os principais tipos de negócios no setor, além de oferecer orientação sobre como planejar e estruturar as panificadoras.

 

Modernidade – A Confeitaria Monte Líbano é uma das mais tradicionais e conceituadas panificadoras do estado do Espírito Santo. Fundada em 1961, no Centro de Vitória, a Confeitaria foi adquirida três anos depois por Hélio Rezende, que com disciplina e persistência, vem se dedicando nas últimas décadas a expandir o negócio, com o apoio da família. Em 1991, depois de uma viagem ao exterior, onde conheceu novas tendências do segmento, Helio Rezende introduziu em Vitória um novo conceito de negócio que se tornou um divisor de águas não somente para a empresa, mas para o próprio ramo de padarias e confeitarias no estado. Ao abrir sua segunda loja, a Monte Libano introduziu no mercado capixaba o conceito de confeitaria de petit four e o sistema de vendas "self-service” em confeitaria. Os atendentes saíram de trás do balcão e passaram a circular pelo ambiente da loja, anunciando as novidades e os produtos que acabaram de ficar prontos. E os clientes ganharam a liberdade de circular pelo ambiente e fazerem suas escolhas diretamente, sem a necessidade de intermediação.

 

Hoje a empresa já conta com cinco lojas em funcionamento e está às vésperas de inaugurar sua sexta unidade. Consolidando a tendência lançada em 1991, a empresa oferece aos seus consumidores uma ampla diversidade de produtos e serviços, como: restaurante, cafeteria, hortifruti, adega, espaço para eventos, além de um mix de mais de 300 produtos como pizza, sushi, bolos, tortas, salgados, entre outros. De acordo com Flávio de Castro, genro de Helio Rezende, os planos da empresa para os próximos anos é o de continuar investindo em inovação e no aprimoramento dos produtos e serviços que são oferecidos nas diferentes lojas. “Queremos melhorar cada vez mais a nossa operação. Isso implica em buscar a excelência em gestão, nas técnicas de produção, no atendimento, na capacitação dos funcionários”, destaca Flávio. “As parcerias desenvolvidas com o Sebrae e com o sindicato das empresas de panificação do estado são fundamentais para que continuemos atualizados com o que há de mais moderno em tecnologia, sempre inovando e ampliando a nossa eficiência”, complementa o empresário.

 

Fonte: Agência Sebrae

SINDPÃES

AV. DOM PEDRO I, Nº 579 - CENTRO - PETRÓPOLIS, RJ

CEP: 25610-020

Tels: (24) 2247-0600

Sindicato filiado ao:

Apoio:

Copyright © 2017 SINDPAES - Todos os Direitos reservados - Desenvolvido por SENAI-RJ.